6 de mar de 2007

O atendimento anda péssimo

Nas última semanas, por um motivo ou outro, estive em várias lojas diferentes de Shoppings diferentes, todos em São Paulo. De forma geral, salvo uma ou outra exceção, que só confirma a regra, achei o atendimento bem ruinzinho. Tanto nas franquias, como nas não-franquias que visitei.

Algumas vezes, falta a técnica, mas sobra simpatia. O que torna a coisa menos penosa. Mas, na maioria dos casos, falta técnica e também simpatia. E aí o caldo engrossa. Afinal, diz o velho ditado chinês, "quem não sabe sorrir não deveria ter uma loja". E eu completo: nem trabalhar em uma.

Os donos desses negócios bem que podiam usar como benchmarking um Fogo de Chão, uma Barraca do Synézio (que vende frango e produtos derivados na Feira do Pacaembu), um hotel Unique. Os 3 são nota mil, no quesito atendimento.