7 de set de 2008

Mamma mia!!! Que droga de filme!

Por iniciativa da minha mulher, fomos ontem assistir ao filme Mamma Mia!, no Cinemark do Pátio Higienópolis, cujo ar-condicionado não funcionou e deixou todo mundo semi-cozido.

Para azar deles, "arrastamos" conosco os amigos Rosana, Angela e Ronaldo. O qual, na saída, conseguiu resumir bem o sentimento geral, ao dizer que o diretor do filme tem que ser um cara muito bom para conseguir pegar um elenco de primeira, uma trilha sonora espetacular, um cenário absolutamente paradisíaco, um bando de mulheres bonitas e, com tudo isso, fazer um filme tão merda.

Não pode ter sido acaso ou descuido. Ninguém, com esses ingredientes, consegue fazer um filme ruim a não ser que se esforce muito.

Na porta do cinema, na saída, uma surpresa boa: Mara Gabrilli distribuindo seus "santinhos" e pedindo votos para sua candidatura a vereadora.

Num shopping frequentado por tanta gente de mais idade e com dificuldade de locomoção, nada melhor do que uma candidata tetraplégica, que tanto fez para transformar São Paulo numa cidade mais acessível a quem tem pouca mobilidade, pedindo votos. No que depender de mim, está eleita.