30 de jan de 2009

O novo presidente do Bradesco e seu principal trunfo

A Exame desta quinzena traz um ótimo perfil do novo presidente do Bradesco, o carismático e eficiente Luiz Carlos Trabuco Cappi.

Num de seus trechos, a matéria diz:

"O cartão de visita de Trabuco - que contou com o apoio decisivo de Lázaro Brandão, presidente do conselho do banco, para ganhar a disputa interna de poder - são as bem-sucedidas mudanças que ele realizou na Bradesco Seguros desde que assumiu a presidência, em março de 2003.

A grande tacada do executivo não foi ganhar fatias de mercado de seus concorrentes, mas tornar a seguradora mais eficiente e lucrativa. Nesse período, a participação de mercado da empresa ficou praticamente estável, em torno de 25%, mas a rentabilidade cresceu de 23% para 31% e a participação de seus lucros nos resultados do grupo passou de 29% para 36%. Para atingir esse objetivo, usou um canal de vendas inédito no mercado brasileiro.

Sua estratégia foi vender seguros e planos de previdência de forma agressiva nas próprias agências do Bradesco. Para isso, credenciou 5.000 novos corretores e colocou parte deles para trabalhar nas principais agências do banco. Os demais atuavam como consultores em escritórios próximos às filiais. "Ele transformou o banco numa máquina de vender apólices, algo pioneiro no país", diz o diretor de uma seguradora concorrente. "

É para você ver a importância que os canais de vendas têm no sucesso de uma empresa (e dos executivos que a comandam).