13 de out de 2009

A prova de que a ignorância pode ser ilimitada...

Dizer que as loiras são burras é um preconceito enorme. E não tem o menor fundamento. Mas convenhamos que até parece que a loirinha que aparece no vídeo abaixo quer que a gente acredite exatamente no contrário.

A meiga não é apenas burra. É também de um ignorância equina ("Eu achava que a Europa fosse um país", "A França é um país?", "A Hungria é um país?", etc...). Só não relincha por modéstia. E não empina por falta de espaço. Mas, se cair de quatro num gramado, adeus grama...

Minha amiga Katalin Mandel, que é húngara, vive em Budapest e é loira, foi quem me enviou o link para esse vídeo.