25 de fev de 2010

O Mundo não é pequeno... é ridiculamente pequeno!

A equipe da GrowBiz está envolvida num projeto com uma grande organização-cliente. Da equipe do cliente nesse projeto, faz parte uma mocinha esperta, de uns 20 e poucos anos, cujo sobrenome eu só descobri hoje.

Quase caí para trás! Ela é filha do meu melhor amigo de infância. Eu o conheci quando tínhamos ambos uns 3 ou 4 anos de idade. E, por força do acaso (fui fazer mestrado fora do Brasil na mesma época em que ele se mudou de Santos para Belo Horizonte e depois para outra cidade e outra...), não nos vemos há pelo menos uns 32 ou 33 anos... Mas ele falou bem de mim para ela assim mesmo. E ela transmitiu isso ao chefe. E isso vai acabar contribuindo para meu relacionamento com esse chefe se solidificar...

Moral da história: jogue limpo com todo mundo o tempo todo. Tenha em mente que NINGUÉM é desimportante. Nunca sacaneie e jamais deixe de ajudar alguém. Se não for por uma questão de princípios, que seja por uma questão de inteligência.

Afinal, o mundo é redondo e dá voltas. E é cada vez menor. Você nunca sabe onde, como, nem quando vai esbarrar novamente com alguém que um dia cruzou seu caminho. Mas há pelo menos uns 90% de chance disso acontecer. E, quando acontecer, é melhor que a pessoa tenha uma boa lembrança de você...