10 de set de 2007

Negócios que mudam o tempo todo (1)

Você e eu sabemos que, salvo raras exceções, as lojas de forma geral alteram suas vitrines com uma certa regularidade. Algumas o fazem toda semana, outras a cada 15 dias, outras uma vez por mês, outras, ainda, quando pinta uma nova coleção. Não é isso?

Pois aqui vamos falar de negócios que mudam, não apenas a vitrine, mas tudo. Ou seja: negócios que se reinventam periodicamente. Como, por exemplo, a GrandOpening, uma loja (ou seria um “espaço conceitual”, como já a chamou o New York Post?) que fica em Nova York e, como o próprio nome diz, está sempre “em modo Inauguração”. Nesse espaço conceitual, tudo muda a cada 3 meses. Mudam a decoração e o layout, mudam as atividades e o escambau. Muda até o nome.

Para você ter uma idéia, neste momento o tema da loja é Ping-Pong. E o nome na fachada é PONG. O espaço da loja (se é que pode ser chamado de loja) foi transformado num salão para a prática desse esporte. Inclusive com uma mesa profissional, onde os clientes pagam US$ 3 (mais ou menos R$ 6) por pessoa para jogar durante 20 minutos. Se você mora perto, uma webcam permite que verifique se a mesa está livre ou ocupada.

Também é possível alugar todo o espaço por US$ 50 (mais ou menos R$ 100) por hora (com mesa, decoração e tudo mais) para fazer uma festa ou realizar um torneio particular. E há também um equipamento de gravação, que permite que você assista ao replay de seu próprio jogo. Você pode até colocar o vídeo de seu jogo no YouTube, como fizeram estes carinhas a cujo jogo você pode assistir clicando aqui.