29 de fev de 2008

A evolução da logomarca da Apple

É interessante observar como a logomarca da Apple evoluiu ao longo dos anos, até chegar à atual (que eu, pessoalmente, considero uma das marcas mais bonitas que conheço):

Foi em 1976 que Steve Wozniak e Steve Jobs criaram seu primeiro computador, o Apple I, cujo projeto eles ofereceram à HP, onde Wozniak trabalhava na época. Mas a HP não se interessou e, para conseguir grana para produzir os primeiros protótipos, Wozniak teve que vender o objeto de que ele mais gostava (uma calculadora HP programável) e Jobs foi forçado a vender sua velha Kombi.

Naquele mesmo ano, eles criaram o Apple II e tentaram vender o projeto para a Commodore, que tampouco se interessou. E foi então que eles resolveram passar a produzir e vender eles mesmos as suas máquinas. Nascia a Apple.

A primeira logomarca (ver acima) foi desenhada por um então sócio dos dois Steves, Ronald Wayne, e continha uma imagem de Isaac Newton sentado embaixo de uma macieira (uma “apple tree”, em Inglês) e a inscrição "Newton … Uma Mente Para Sempre Viajando Através dos Estranhos Mares do Pensamento... Sozinho.”

Vale mencionar que Wayne, que tinha 10% do negócio, permaneceu como sócio da Apple por um período cutíssimo: apenas duas semanas. Ele preferiu vender sua parte no negócio por U$ 800 (oitocentos dólares), por achar que era um empreendimento de muito risco. Tivesse continuado sócio, suas ações hoje valeriam Bilhões de dólares.

Jobs, que sempre foi alucinado por design, não gostava desse primeira logomarca. Achava que ela atrapalhava as vendas. E, com a saída de Wayne, se sentiu livre para contratar a agência Regis McKenna Agency para criar uma logomarca nova, a maçã com listras coloridas, que foi usada de 1976 a 1999. A mordida na maçã (ver a imagem acima) é uma brincadeira com as palavras “bite” (mordida, em Inglês) e “byte”. Aliás, o slogan da empresa na época era “Byte into an Apple”.

Em 1998, com o retorno de Jobs ao comando da empresa (você deve se lembrar que ele foi afastado da própria empresa pelo Conselho de Administração), a maçã com listras foi substituída pela maçã monocromática que a empresa usa até hoje.